sábado, 21 de junho de 2014

Fórmula 1 não é coisa de mulher (será?)

Pedro estava bastante entusiasmado com o planejamento da viagem a São Paulo, mais precisamente para presenciar o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1. Ana, a namorada, também estava entusiasmada, até o momento em que ele resolveu dar-lhe um banho de água fria: "Você não vai comigo, não! Fórmula 1 não é coisa de mulher!". Ana não acreditou no que acabava de ouvir. Naquele momento, ficou em silêncio - não por falta do que dizer, mas por ter decidido responder de outra maneira.

Assim os dias foram passando e Pedro já estava com tudo providenciado para sua ida a São Paulo. Ana observava tudo sem dizer uma palavra. Pedro teria sua resposta sim - ah, ele teria! Até lá, ele não fazia ideia do que estava reservado para ele.

Chegou o dia da viagem e Ana se despediu de Pedro, de malas prontas, que partia para o Aeroporto. O que Pedro não sabia era que, mais tarde, Ana também estaria indo ao Aeroporto, com suas malas prontas e passagem para São Paulo.

Chegando em São Paulo, Ana foi para a casa de uma amiga, que, sabendo da história, havia convidado Ana para se hospedar lá. E a localização da casa era a melhor possível: praticamente vizinha ao Autódromo de Interlagos.

Não bastasse a proximidade do Autódromo, como a amiga de Ana tinha uma certa influência, ela levou Ana ao Autódromo e as duas tiveram acesso à área dos boxes das equipes. Ana aproveitou bastante e registrou tudo com sua câmera. Foi possível tirar foto até mesmo com um dos pilotos.

Depois de tudo, Pedro retorna a sua cidade, encontra Ana e conta-lhe sobre tudo o que aproveitou na corrida e fora dela. Ana então mostra-lhe as fotos: "Olha só, eu também estava lá! Pena que eu não te vi!". Dessa vez, foi Pedro que não acreditou no que estava diante de seus olhos. Ana e sua amiga haviam aproveitado muito mais daquele evento que ele alegou ser coisa só de homem.

Moral da história: muito cuidado quando disser a uma mulher que ela não pode fazer algo porque não é coisa de mulher. Se ela for como Ana, poderá mostrar que você está errado. E com estilo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário